Etiquetas

terça-feira, 2 de abril de 2013

Olga Gonçalves -  "Caixa inglesa"  (Edições Rolim, 1984)
 
 




Raízes sugam o sumo do submundo. O tronco é uma força sobrenatural. As folhas resplandecem as cores de um paraíso.


_________________________________



audível


pedi-lhe a história de uma árvore. disse-me conta a de todas as árvores da floresta. quando as vozes se cobrem de escuro e as distâncias caminham a par. cautelosamente. para o lado onde os ecos morrem de espanto. e um frémito decompõe sua beleza estática. e a lua sobe aos cômoros mais próximos. e a noite afirma não estarei aqui para sempre. há lobos, há frio, há solidão na terra.

 
 

OLGA GONÇALVES, Caixa Inglesa

Sem comentários:

Enviar um comentário